quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Rui Barbosa e dias melhores...

De tanto ver triunfar as nulidades,
de tanto ver prosperar a desonra,
de tanto ver crescer a injustiça,
de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus,
o homem chega a desanimar da virtude,
a rir-se da honra,
a ter vergonha de ser honesto.

Rui Barbosa



A reflexão acima faz parte do discurso de Rui Barbosa como paraninfo da turma de formandos de direito da Faculdade de Direito do Largo São Francisco do ano de 1920, sendo que o texto, na íntegra, pode ser lido no livro "Oração aos Moços", uma verdadeira lição de fé em nós mesmos e civismo em como nossas atitudes pessoais e profissionais geram consequências na sociedade.



Tenhamos esperança e façamos a diferença em cada pequeno gesto e atitude em nossas vidas!!!




Outubro Rosa - participe dessa idéia.




Abs.

2 comentários:

KG disse...

Há duas opções lógicas: a mais covarde, que é a de coadunar com tão péssima situação, arvorando-se na desculpa de um desânimo (muitas vezes, sequer ter lutado alguma vez) e na vergonha de querer ser certo; a mais dura, que é a de ir em frente e lutar por um mundo melhor!

É muito fácil reclamar. Mas, vale a pena ficar em pé em prol das futuras gerações...

Mas, penso que, enquanto houver uma alma disposta a guiar as demais, ainda teremos lampejos de um futuro feliz... Enquanto houver alguém que grite, ouvidos conseguirão perceber coisas que aos olhos se turvaram.

Não estou falando em estender armas ou coisa parecida; sim, na possibilidade e no dever de continuar acreditando no bem! O desacreditar nas Instituições é o abrir portas para: as mazelas, corrupção, a prática de crimes etc.

Reflitamos a respeito!

Bom feriado, Sabrina! Bom feriado a todos!

Sabrina Noureddine disse...

Concordo com vc KG!!!
Grande abraço.